domingo, 11 de setembro de 2011

Limites.


Tema da Semana: Limites.

Enquanto uns dizem que não há limites para as criações humanas outros dizem que o ser humano é limitado. Como conciliar os dois pontos de vista?

Se o ser humano é realmente criativo, nem por isso é inteligente, está aí uma grande limitação. E se a fome, as disparidades sociais e o sofrimento humano são frutos dessa limitação, aonde está a criatividade para resolver esses problemas?

Disso aí eu "tiro" que sim, há limites para as criações humanas. As criações humanas esbarram no ego, na motivação financeira, na falta de foco...

A sociedade individualizada, roubando o título do livro do Bauman, limita as criações humanas. 

4 comentários:

Frau Forster disse...

E você provou não ter limites - no bom sentido da coisa - já que escreveu um texto que ficou ótimo. Gosto da sobriedade e objetividade dos seus textos ;) Beijos

Ana B. disse...

Obrigada, Frau! =*

ℓ.mirella disse...

É, sabe, acho que minhas criações sempre esbarram na minha falta de foco. #tristeza


Para quem até então não pensava em limites, está um bom começo, ein ;)

Elaine disse...

Muito bem colocada a ideia de que as limitações do Homem são mais pessoais do que da natureza humana em si. Gostei!

Abraço, Ana.