domingo, 23 de outubro de 2011

To wish impossible things.


Tema da semana: Desejo.

Se o tema é desejo, eu desejo rumo ao passado... Que é pra ficar logo tudo impossível de uma vez, de modo que eu me livre do trabalho de tentar realizar o que desejo.


Mas não estou falando de desejar pessoas, coisas, momentos... Talvez eu deseje sentimentos, características minhas... Coisas como ter medo de e.t.s. mas não ter medo de pessoas, entende? Porque talvez seja melhor ter medo apenas do que não existe, afinal, ter medo do que existe pode nos privar de muita coisa...  Eu diria que eu desejo ver o mundo como eu via antes... Porque antes, quando eu não via graça, eu acreditava que mais adiante eu poderia encontra-la. Agora eu já não acredito...  E eu desejo ter de volta o meu discurso entusiasmado e esperançoso do passado, e não mais esse discurso entusiasmado apocalíptico do presente...  Aí você pode me dizer que esses desejos não são assim tão impossíveis, afinal, em uma primeira análise, eles dependem apenas de mim. Mas, pensando mais a fundo,  dependem também de eu esquecer coisas que vivi, e também coisas que aprendi sobre as pessoas, e sim, isso é impossível...

but now the sun shines cold
and all the sky is grey
the stars are dimmed by clouds and tears
and all i wish
is gone away
all i wish
is gone away

6 comentários:

Bixudipé disse...

Ana B., incrível o seu escrito: coerente e gostoso de lê-lo.

"Porque talvez seja melhor ter medo apenas do que não existe, afinal, ter medo do que existe pode nos privar de muita coisa... "

abração,

Rodrigo Davel

renatocinema disse...

Belo discurso.

Bela canção.

Nada é impossível...nem o desejo do passado.

Dai disse...

Eu ainda tenho esperança no futuro porque me baseio em mim, se eu, que tenho os defeitos que tenho, consigo fazer coisas boas, então todo mundo pode...rs

=*

Mari disse...

Também tenho esses desejos!

ℓ.mirella disse...

Essa música é bonita, né!

Alline disse...

Ana, tenho saudades de mim!!!