terça-feira, 25 de outubro de 2011

Dona de si

Tema da semana: desejo


Era nova na escola, queria um novo começo, pensou em se integrar com a turma do fundão, mas ao adentrar a sala não se viu entre eles, era tímida, escolheu o de sempre, o segundo lugar na segunda fileira próximo à porta, um lugar estratégico, nem entre os primeiros, nem entre os últimos.

Foi quando ele entrou. O que era aquilo? A própria visão do céu, pensava. Tão lindo nunca tinha visto! E ele escolheu a cadeira em frente a dela...

Dia de sorte? Ah sim, super sorte! Ele se virou, lhe deu bom dia e perguntou se tudo bem se ele com um e oitenta e cinco aos 15 anos não impediria sua visão do quadro.

_ Sim. Respondeu.

_ Sim, eu atrapalho, ou sim, eu posso continuar sentado aqui?!

Todas as alternativas, ela queria ter dito, mas só conseguiu sorrir e baixar o olhar.

_ Gosto de ser o primeiro, então vou entender que sim, eu posso continuar aqui...

No fim da aula, enquanto esperava seu irmão ir buscá-la, alguém pergunta as horas, era ele.

_ 13 horas? Minha mãe sempre se atrasa!

_ Meu irmão também.

_ Posso esperar aqui com você?

_ Claro.

E num impulso, ela o segurou pela nuca e o beijou, e enquanto deliciava-se ao morder levemente os lábios dele, abria os olhos para ver como seria um garoto bonito beijando...

4 comentários:

Dai disse...

Curti demais o "pra ver como seria um garoto bonito beijando"

rs

Eu não teria essa coragem não, eu acho

Carolina disse...

Ai, que delícia!

renatocinema disse...

Nós homens, quando agimos no impulso do beijo, podemos onquistar para uma vida toda. kkk

Ana B2 disse...

o bom é o final, abrir os olhos pra ver o garoto bonito beijando, rs