quinta-feira, 7 de abril de 2011

O "herói"

Na semana passada, perdemos o ex-vice-presidente José Alencar. Depois de sei lá quanto tempo doente, sei lá quantas internações e sei lá quantas cirurgias, ele morreu. Tinha câncer. Lutou contra esse câncer por bastante tempo. A cada notícia de mais uma internação sua, todo mundo pensava: agora vai! Mas não, ele resistia e, para a surpresa de todos, continuava vivo. Surpresa principalmente por se tratrar de uma doença que em geral, leva ao óbito muito rápido. Parece que basta apenas descobrir que se trata de um câncer, fazer algumas sessões de quimioterapia, retirar um nódulo e... pronto! A pessoa não resiste, o câncer atinge outros órgãos, gera outras complicações e não se pode fazer mais nada.

Não se pode fazer mais nada, no SUS. O Sistema Único de Saúde, que, para milhões de brasileiros é a única alternativa para o câncer e para qualquer doença que seja. Se para conseguir uma consulta com um clínico geral qualquer em um posto de saúde do SUS, às vezes é preciso esperar meses, imagina se você vai conseguir ser atendido por um oncologista? Será que existe oncologista no SUS? Quantas vezes vemos reportagens nos jornais da TV mostrando pacientes com febre, dor, no leito de morte, largados nos corredores de hospitais? Eu já passei várias vezes por atendimento do SUS. E sei bem como tudo é demorado, difícil, burocrático demais se pensarmos que estamos ali pra resolver problemas de saúde. 

Tenho uma tia que morreu de câncer. Ela começou com um nódulo na mama. Foi fazendo todos os tratamentos possíveis, pelo SUS. SEMPRE lutou para viver. Imagina, para uma mulher, o que é ter que retirar a mama e no lugar, usar um saquinho com alpiste para desfarçar. E ainda assim, continuar lutando contra o câncer. Pra mim, ela sim, lutou contra o câncer e contra as filas que enfrentou, a espera por médicos, por exames, etc. 

E agora eu ligo a TV e ouço: "José Alencar, o guerreiro"? "O herói"? Aquele que "lutou pela vida" ? Ah, tenha dó! Lutar contra qualquer doença que seja com o dinheiro que ele tinha, qualquer um lutaria. Fazer tratamento fora do país, com os melhores médicos da área. Com certeza qualquer pessoa lutaria assim. E assim a imprensa o promove e o povo enterra o nosso "herói". Enquanto isso, me digam, há quantos outros José's sofrendo em corredores de hospitais públicos no nosso país?

6 comentários:

Daniel disse...

Excelente texto!
Mostra exatamente a revolta e a insatisfação da população com os serviços prestados pelo SUS!
O jeito é trabalharmos para que consiguamos pagar um plano de saúde decente!!

Ana B. disse...

guerreiro é quem n desiste do tratamento pelo SUS

minha mãe esteve com suspeita de câncer em 2010, graças a Deus não era nada. mas em uma das consultas estivemos em um hospital que possui convênio com o SUS, que é referência em oncologia em goiânia, mas cujo atendimento é ruim tanto para os pacientes particulares qto para os pacientes do SUS

mas, para citar um exemplo, conheci uma moça, com um tumor, que estava com o retorno da consulta marcado para dali três meses, para mostrar os exames

se ela realmente tivesse câncer, se o estágio fosse avançado, três meses de espera não seria demais?

Dai disse...

Eu acho que ele lutou pela vida como muitos outros lutam. Sim, o SUS é uma vergonha, é espera e mais espera. Esses dias fui lá porque não aguentava mais uma dor de cabeça e febre infernais. Eles me deixaram esperando e esperando. Quando eu não aguentava mais fui lá perguntar se ainda demorariam muito. Não tinham previsão. Fui embora sem ser atendida porque não aguentava parar sentada na cadeira. Preferi ir pra casa deitar ao menos.

beijo

Elaine disse...

Não querendo diminuir a dor da família que sofre agora por sua falta, tampouco diminuir todo sofrimento que o vice Alencar passou... Mas sempre quando noticiavam seu estado de saúde eu pensava o mesmo que vc, ele tem grana, por isso tá resistindo tanto! A alimentação é de outro nível, o acompanhamento tbm, o tratamento é "no primeiro mundo" etc, etc... Além de não ter chegado "a hora" dele, acredito nisso tbm!

Elaine disse...

Só completando... Mas agora que sua "hora" chegou ouvimos que lutou com bravura e tal... Realmente ele foi um bravo, e os que infelizmente dependem do sistema público são os "mansos" (no mau sentido) já que não tem "vozes" para gritar, já que a maioria a cedeu com seu voto àqueles que de fato não se importam com seus "leais"...

elly disse...

Parabéns pelo seu blog
ja estou te seguindo!
conheça o meu blog, tem dicas de beleza lá confira!
http://coisasdeladdy.blogspot.com
bjs♥