terça-feira, 21 de junho de 2011

"Olha que isso aqui já foi muito bom!"


Moro num bairro tradicional de Manaus, cujo padroeiro é o casamenteiro Santo Antonio, daí, junho sempre foi um mês ansiado na minha vida porque o arraial da paróquia era sempre muito animado e nunca passou pela minha cabeça que um dia isso fosse ser diferente. Contudo, a cada ano percebo certo distanciamento do povo do que um dia foi característico daqui.

Por exemplo, este ano, já meio cética quanto a minha diversão no festejo, fui prestigiar ao menos os sabores típicos, mas não vi mingau de mungunzá, não vi bolo "podre" ou o de macaxeira, daí tive que me contentar com o que eu comeria em qualquer outro tempo: pudim e carne assada.

E o som da sanfona? Também não ouvi, será que alguém, além desta brega confessa, se lembra de Luiz Gonzaga? Ah, que saudade de ouvir aquelas músicas, as quadrilhas!

Da coitada da fogueira nem se fala, ela também me parece não pertencer mais à época!

Então, para meu espanto e indignação, prestigiei Lady Gaga do Amazonas (rsrs), e por mim tudo bem um “artista” divulgar seu trabalho, mas combinemos, Lady Gaga não combina com festa caipira! Ou será uma tentativa de sofisticar o popularzão?!

Ah, como eu era feliz, sabia e sinto a maior falta!


2 comentários:

Carolina disse...

Elaine, você é ótima!!

Putz, Lady Gaga na festa junina???

Ninguém merece.

Beijos!

Dai disse...

Aff que Lady Gaga não "sofistifica" nada...rs

Então, cada coisa em seu tempo, né? As pessoas enchem o saco quando querem por coisas onde não deviam. Conto mais amanhã.

=*