quarta-feira, 9 de março de 2011

Ma..Ma..Quem quer dinheiro?

"Todo discurso é ideológico"
                                Bakhtin

ME DÁ UM DINHEIRO AÍ
Ivan Ferreira-Homero Ferreira-Glauco Ferreira, 1959

Ei, você aí! 
Me dá um dinheiro aí!
Me dá um dinheiro aí!

Não vai dar? 
Não vai dar não?
Você vai ver a grande confusão
Que eu vou fazer bebendo até cair
Me dá me dá me dá, ô!
Me dá um dinheiro aí!


Impossível não conhecer pelo menos a primeira parte dessa marchinha, não é? Eu também conhecia só a primeira parte e me surpreendi com a continuação.

Antes mesmo dessa onda do “politicamente correto” esse trecho foi suprimido. Será que propositalmente? Passe seu dinheiro aí senão você vai ver o que te acontece é um discurso que ouvimos muito, não é? Parados em semáforos, na rua, entrando em casa, no caixa eletrônico...

É claro que aí é dito que a confusão de dará por conta da bebedeira. Mas gente cachaçada dando trabalho é coisa corriqueira mesmo. É na cachaça que temos os nossos maiores valentões. É nas costas da bebida que é jogada a culpa por muita desgraça.
 
Mas ah... pra que ter tanto preciosismo...é brincadeira, coisa inocente de criança. Ninguém via maldade nisso. Nem nas músicas do É o tchan. “ E vai ralando na boquinha da garrafa, é na boquinha da garrafa ”. Afinal, música nem é discurso e nem todo discurso veicula ideologia...oooooops... "♫ A - lá - lá - ô ô ô ô ô...♪"

2 comentários:

Ana B. disse...

E eu não sei como ele vai beber até cair se ng der o dinheiro...

mas realmente, eu não conhecia essa parte da marchinha!

Carolina disse...

Realmente, algumas músicas (principalmente essas de axé) que fazem sucesso no carnaval têm letras bem xulas e desagradáveis. Mas as marchinhas eu acho que são mais inocentes... ou eu que sou tão ingênua?
Bom, mas o que vale a pena mesmo é curtir o carnaval da maneira que acharmos melhor e tirar os dias de folga para levar as coisas menos a sério...