segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Sou tão bom, que te perdoo!


Não sei se vou conseguir me explicar direito neste texto, até por que, interpretar o Chico não é pra qualquer um, mas vamos lá!

Vocês já repararam em alguns casais em que o “macho alfa”, como diria a Dai, se comporta como se ele fizesse um favor à sua namorada de estar com ela, de deixar que ela o ame? Não sei se isso acontece só com alguns amigos meus ou se ando feminista demais, mas ao escutar a música Mil Perdões, são essas pessoas que me vêm à cabeça.

Talvez esses moleques – que é dessa maneira que merecem ser tratados, como crianças – tenham tido uma criação muito machista, como a maioria tem, ou sejam egocêntricos por natureza mesmo.

Esse tipo de menino vê na mulher submissa, com baixa auto-estima, insegura, sua chance de se dar bem. Ela sempre o vangloriará e ele continuará aprontando as suas, com a certeza de que no final, com seu jogo de palavras, quem acabará pedindo perdão é ela. E, depois de tudo, ela ainda agradecerá a "bondade" de seu namorado por perdoá-la. 

7 comentários:

Zeca Daidone disse...

Pooois é... e a culpa não são só desses homens.

A maioria das mulheres não se valoriza e corre atrás desse tipo, aí nunca vão parar de agir assim.

Dai disse...

Então, são os joguinhos, né? O cara sempre consegue inverter o jogo e quem acaba se sentindo culpada é a mulher. Uma anta..rs


beijo

Carolina disse...

Muito bem lembrado, Mari!

E é o pior tipo.
Na verdade, todos os homens têm essa capacidade de inverter a situação, como disse a Dai.
Cabe a nós manter a cabeça bem aberta, os ouvidos bem ligados e não deixar que isso aconteça.
Rsrsrs...

Beijos!
:)

Zeca Daidone disse...

http://1.media.tumblr.com/tumblr_kpje4dRJsH1qzr04eo1_500.jpg

mas parem de ser injustas, mulheres também podem E FAZEM isso. :P

Ana B. disse...

infelizmente existem homens e mulheres assim...

algo do tipo: "te perdoo pelo seu amor-próprio ser tão baixo que eu te faço de gato e sapato", né?

desse tipo de gente, quero distância... mas tem quem queira proximidade =(

Dai disse...

Então, Zeca, concordo com você, afinal os homens traem com mulheres (no caso de héteros), né? Eu não acredito muito nessa coisa de vítima...

Frau Forster disse...

Nossa, é o retrato do meu ex-namorado hehe Mas claro que o embate rolou quando ele percebeu que ele até podia ser o macho-alfa, mas eu não era a donzela submissa, indefesa e ingênua. Um dos melhores momentos foi quando, durante uma discussão acalorada, ele soltou a seguinte pérola:

- Conheço duas meninas que dizem que eu sou o namorado perfeito, só você não vê isso.

Ele estava me fazendo um favor, na verdade, por estar comigo, mesmo eu sendo X, Y e Z? O.o

Por isso, virou história XD

Ótimo texto, Mari ;)