segunda-feira, 15 de agosto de 2011

O outro lado

Tema:  "E ao lhe ver assim cansado, maltrapilho e maltratado
Como vou me aborrecer, qual o quê
Logo vou esquentar seu prato, dou um beijo em seu retrato
E abro meus braços pra você"


Continuamos com o Chico, e essa música lembra um pouco as últimas que escrevemos, com a mulher desprezada pelo homem. Mas dessa vez resolvi olhar com outros olhos. Com os olhos deles.

As mulheres, normalmente, são mais intensas em seus sentimentos do que os homens; tão intensas que muitas vezes exageram. Sufocam o parceiro com suas necessidades, suas chantagens, sua carência. O homem, é claro, tenta fugir um pouco desse ambiente tão tenso, e é por isso que defendo que o homem deve ter suas distrações, como futebol e bar com os amigos. Nada mais saudável.

Os homens precisam disso, precisam de espaço, de “programas másculos”, para sair um pouco da rotina de comédia romântica e brigadeiro. Sei que toda regra tem sua exceção, mas a maioria das garotas deveria refletir se é mesmo o parceiro que a está desprezando ou se ele apenas não está vivendo em sua função, como ela gostaria.

2 comentários:

Elaine disse...

taí uma boa reflexão!

Abraço, Mari.

Ana B2 disse...

então. eu concordo com td isso
e acho q a mulher tb precisa.

a coisa é extremamente intensa com mts mulheres pq elas deixam seus hobbys de lado qdo se apaixonam. é sempre importante ter mais que amor na vida, querer mais que amor na vida.... ter seu hábito correspondente ao futebol e td mais...