sábado, 29 de maio de 2010

Xô Ideal !

     O que todos nós sabemos é que estamos sendo constantemente testados, julgados, rotulados e classificados. Colocados em caixinhas qualificadoras tanto pela sociedade de um modo geral quanto por cada pessoa, individualmente.

Junto a todo esse apontamento de dedo daqui e dali vemos outro sentimento tomando forma e se destacando. O preconceito nasce com toda força, pois recebeu todo o sol e nutrientes necessários para se fincar no chão da consciência de cada um, e ali ficar até que uma tempestade de ponderação e sensatez consiga se enraizar e fazer com que o “ser” mude seu modo de pensar e procure fazer um exame crítico antes de qualquer PREconceito intolerante.

     Perante o universo de ideal de beleza percebemos com evidência esse preconceito sem limites que julga e separa categoricamente todas as pessoas. As gordinhas para um lado, as magrinhas para o outro. O pensamento de que uma mulher bonita e inteligente não existe, de que gordinhos não se vestem bem ou ainda que para uma mulher ser bonita e saudável ela deve pesar 40kg e vestir roupa com número infantil.

    E é ai que temos que parar e pensar, o que está acontecendo com a identidade de cada um, pois estamos sendo rotulados e guiados a seguir padrões idealizados pela sociedade que a maioria das vezes não é o melhor para nós mesmos. E sendo que o que tem que prevalecer são as nossas próprias vontades, a identidade de cada um.

   Então pessoal, vamos nos olhar e nos encontrar para que possamos ter um censo crítico individual, intransferível e que cada um possa julgar o que é bom ou não para si mesmo. Não vamos nos deixar levar por tendências, modas ou padrões impostos, sem antes analisarmos se é isso o que queremos e o que nos faz bem, nos completa.


Mas e ae? A tempestade já passou por aí? Não? Já está na hora, hein!


Bjo gente... inté !

3 comentários:

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
MENINAS IMPROVAVEIS


ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CHOCOLATE, EL NAZARENO- LOVE STORY,- Y- CABALLO, .

José
ramón...

Daniel Savio disse...

O ideal é apreciar todo o conjunto da beleza que é a pessoa...

Fique com Deus, menina Laís.
Um abraço.

Dai disse...

Laís,

O padrão sempre vai existir. Mas o importante é perceber que o desvio nem sempre é errado. Nem sempre é o feio. Mas também acho importante as pessoas entendenderem que, querendo ou não, sendo certo ou não, as pessoas tem uma concepção de beleza e que não adianta elas quererem se enfiar 'goela a baixo' nos outros, usando, muitas vezes, o discurso de 'vão ter que gostar de mim do jeito que sou'. E não se cuidam, nem para melhorar a saúde.

=*