segunda-feira, 24 de maio de 2010

Plástica para melhorar ou para piorar?

As cirurgias plásticas podem ser divididas em dois tipos: As cirurgias reparadoras, que tem como objetivo reconstruir e corrigir lesões e defeitos congênitos ou adquiridos, estas são consideradas como cirurgias de razão médica, ou seja, voltadas para a melhoria da saúde do paciente. Há também as cirurgias estéticas cujo objetivo é o de realizar melhoras na aparência do paciente , corrigindo algum aspecto que não lhe causa problemas de saúde, mas de auto estima. Hoje, muitas pessoas recorrem a cirurgia plástica para melhorar suas aparências de acordo com o padrão estético do ambiente. Isso as ajuda, para que se sintam mais aceitas pela sociedade. Um bom exemplo é o uso da cirurgia estética para corrigir as famosas "orelhas de abano", que em muitas situações já foi motivo de piada de coleguinhas quando o paciente era menor. Ao realizar a correção estética, o paciente pode se sentir mais confiante e seguro com sua aparência e para se relacionar com outras pessoas.
Mas a pergunta é: Cirurgia plástica sempre melhora a aparência? A resposta é não. O problema está em quando essa necessidade de aceitação passa dos limites, levando pessoas a realizarem uma série de intervenções cirúrgicas, a fim de se tornar “mais bonito (a)”. Mas muitas vezes acabam exagerando na dose, trazendo resultados desastrosos. São casos como a lipoaspiração, onde várias pessoas consideram ser o caminho mais fácil para manter a boa forma, deixando de lado exercícios e boa alimentação para recorrer de tempos em tempos a famosa “lipo”, mesmo que tenha seus riscos. Ou mesmo alguém que já possui feições bonitas, mas mesmo assim não está satisfeita, o que a faz recorrer a cirurgias que nem sempre tem o resultado esperado.
Aqui vão alguns exemplos bem sucedidos, ou não, de cirurgias plásticas:
Vemos que cirurgias plásticas estéticas podem melhorar a auto estima de uma pessoa e que não é errado querer corrigir algum defeito ou imperfeição que lhe incomode ou retardar os sinais da idade, se tudo for planejado e feito com cuidado e sem exageros.
Mas o importante é saber se sentir bem como você é. Pessoas que recorrem a milhares de cirurgias corretivas podem perder suas características, principalmente quando se trata de cirurgias faciais. Por isso devemos tomar cuidado.
A verdade é que devemos nos cuidar, fazendo exercícios físicos e nos alimentando bem, e não recorrer ao caminho mais fácil. E, se for necessário, ou algo que não possamos adquirir sem a cirurgia, devemos ter cautela e nos preparar antes de partirmos para o bisturi.

10 comentários:

Nara disse...

Cheeeeen,

eu quero fazer uma cirurgia. Mas é para eu me sentir mais a vontade comigo.

Beijo,
Nara

Raquel de Carvalho disse...

Tem razão... acho que o caminho mais saudável pra beleza é cuidado com a alimentação e exercícios físicos!!!!

Beijossss

Daniel Savio disse...

Mas quando a pessoa passa fazer mais plásticas do que é necessário, as pessoas ao redor dela deveria tentar conversar um pouco com a pessoa...

Fique com Deus, menina Chen.
Um abraço.

Alline disse...

Eu acho que a gente perde alguma coisa da identidade quando mexe demais no rosto ou no corpo, não é não? Nesse caso, muita calma antes de fazer qualquer coisa.

Dai disse...

Chen,

você sabe que eu sou doida pra entrar na faca...rs

Acho que plástica é para reparar o que está por fora, óbvio? Na maioria das vezes não. O povo começa a mexer na cara pra tampar um buraco que é interno. Daí a gente vê essas aberrações aí (como na última foto)

beijo

Chen disse...

Nara,
Simmm cirurgia não é só para tratamento médico. Se tem algo que te incomoda, e se for para se sentir melhor consigo mesma, vá em frente!
Mas com atenção, procure um bom médicoe faça tudo direitinho ^^
Beijos

Chen disse...

Raquel,
Mas não é? O que adianta uma “lipo” se a pessoa vai continuar se entupindo de comida? Primeiro faça o seu melhor se exercitando e se alimentando bem.
Se mesmo assim, tiver alguma coisinha que te incomode, recorra à plástica, mas sem exageros. =]
Beijos!

Chen disse...

Daniel,

Acho que deveriam sim, mas em muitas situações a pessoa que passa dos limites costuma não dar atenção, pois ela realmente se sente insatisfeita com sua aparência.
Difícil não?

Beijos ^^

Chen disse...

Alline,

Sim sim, antes de qualquer procedimento é bom perguntar aos nossos amigos e pessoas próximas, por que às vezes um cirurgia pode chegar a deixar feio o que antes não era.

Beijos!

Chen disse...

Dai,

Eu também arrumaria uma coisinha aqui ou ali hehehe...
Mas o que eu acho que plástica é para arrumar uma coisa ou outra para elevar a auto estima e não para preencher a falta dela, como você mesma disse.

Beijos! =D