terça-feira, 13 de abril de 2010

Inauguração...

Olá a todos! Eu sou Geisa e fiquei muito contente quando fui convidada a participar desse blog. Quando começamos algo novo, criamos expectativas e vivenciamos, de antemão, em nossas fantasias, muito do que pode ocorrer.
Eu penso que esse blog será um espaço onde várias expectativas e caminhos se cruzarão: não só as expectativas e caminhos das 07 meninas, mas também, de todos os leitores.
Muitos autores denominam de "contrato psicológico" esse cruzar de vidas e expectativas diferentes, as quais geram novas expectativas a vários "repensar" sobre a caminhada... ou seja, um novo início.
Acredito que o importante seja fazer de cada cruzar de expectativas um novo começo, para que esse sentimento não pare ou permaneça apenas no primeiro texto de cada uma das meninas, na primeira semana de postagem no blog... Pensando nisso tudo, me permiti um momento de abstração e escrevi o texto abaixo...


De um Avô para um Neto... sobre algo que se inicia


Meu querido neto, não tenho mais muito tempo nessa vida. Não quero deixar a você apenas a empresa e os nossos outros bens para que dirija. Sei que você vai enfrentar muitas coisas ainda e, por ser assim, tão grandioso, de alma pura e coração bom, quero deixar algumas palavras para que te acompanhem nos momentos de dificuldade. O caminho é longo e você está iniciando um trabalho que o colocará em contato com as mais diversas pessoas. Mas, o que quero dizer é que a pessoa mais diversa com quem conviverá é você mesmo!

A expectativa que temos quando algo se inicia, a promessa que nos inunda vem de mãos dadas com os nossos maiores sonhos e, talvez, até temores. Antes que algo comece, podemos viver o processo todo, caminhar o caminho inteiro, sem ao menos colocar o primeiro pé na nova estrada. Puxa... que sentimento bom! Podemos nos maravilhar com nossas conquistas antes mesmo de investir nelas! Tentamos prever possíveis problemas que possam aparecer, mas, confiantes... ou desafiadores... ou curiosos... nos adentramos em mais um novo caminho para lutar, para viver nosso sonho, para ver no que vai dar! Eu sorrio quando falo isso, pois, me lembro daquelas noites em que ficávamos conversando sobre a vida, pensando no futuro, fazendo os planos... antes de você ir pra faculdade... antes de você casar... antes de você ter filhos...

O complicado, porém, surge quando os nossos caminhos nos trazem surpresas que não prevíamos e o que esperávamos fica bem diferente do que realmente acontece. Em alguns trechos do caminho, é assim! E então, se não nos comprometermos mais com a realidade do que com o que, previamente, vivenciamos em nossa fantasia, acabamos por desistir da caminhada!

A renegociação deve, portanto, ser feita sempre: e de você consigo mesmo! O você da fantasia, da paixão, da realidade interna, com o você atual, do hoje, do mundo acordado! Não culpe o seu companheiro (seja ele quem for) de não ter vivido o caminho conforme o que você sempre esperou e (muitas vezes) nem sequer, o avisou. Negocie consigo mesmo se vale a pena continuar... se o que você esperou de você mesmo está sendo realizado. Se você consegue olhar para o seu caminho e ter vontade para investir na destreza de contornar os obstáculos e para se reapaixonar pelo caminho após cada mudança que aparece.

Não, isso não significa que você nunca deva mudar suas prioridades ou seus sonhos, pois, isso seria teimosia e inflexibilidade. Significa, apenas, que a vida une vários sonhos, várias prioridades que se entrelaçam infinitamente e que, realmente dão a graça da surpresa ao vivido. Repense se essa surpresa do vivido está te alimentando, te ajudando a rever suas possibilidades, te dando forças para se melhorar, para se desafiar! E continue, mais e mais, investindo em seus sonhos e curtindo suas realidades: com um começo a cada mudança, um aprendizado a cada questionamento, um sonho a cada realidade!

Eu ficarei, sempre, torcendo por você! Sentirei, junto, o cheiro da novidade no ar, a cada palavra que você escrever na história da sua vida! Acompanharei todos os rascunhos, seus escritos e riscos... torcendo para que o seu novo seja perene!

6 comentários:

Dai disse...

Geisa,

E esse é o maior legado que podemos receber, não é?

É muito bom saber que tem pessoas que torcem por cada 'rascunho, escritos e riscos' nossos, quando a coisa fica feia, se não fazemos necessariamente por nós, fazemos por aquele que deposita em nós sua confiança.

beijo

Nara disse...

Geisa,

Muito bem vinda =)

Geisa disse...

Muito obrigada, Nara!
Beijos

Daniel Savio disse...

Ficou bonito a carta para do avó para o neto, apesar também servir para um amigo...

Fique com Deus, menina Geisa.
Um abraço.

edna disse...

Mas, o que quero dizer é que a pessoa mais diversa com quem conviverá é você mesmo!
Essa frase valeu o texto!!!!
Geisa você é mto especial
te amo bjs

Geisa disse...

Oi, Daniel!!
Eu concordo com você - serve para um amigo!
Muito obrigada por todas as suas contribuições aqui no blog!! Faz valer a escrita!

Olá, Edna!
Acho que a gente nunca vai cansar de se conhecer, né?! E, ainda assim, teimamos em falar muito mais sobre o outro!! Eita aprendizado eterno, viu!!
Bjos e te amo também!! Obrigada pela sua contribuição!