sábado, 25 de fevereiro de 2012

É sempre o pior?


Tema: "O pior cego é aquele que amarra a própria venda"

Será mesmo que o pior cego é aquele que amarra a própria venda? Questiono mas, sinceramente, acho que pode ser o pior sim.

Se é a pessoa que amarra a própria venda, é ela mesma que não quer ver determinada situação, encarar o problema X, não é? É. E quando é assim não há santo que devolva a visão. Muitas vezes “a vendada” prefere ir, tateando, quebrar a cara, a deixar o mais próximo desamarrar a venda.

Daí eu me pergunto: é sempre tão ruim assim se fazer de bobo pra não ver? Muitas vezes é melhor abstrair, dar uma de ceguinha a ter que encarar determinadas situações. Melhor evitar a fadiga, desde que isso não se torne pretexto para sempre fugir dos problemas e responsabilidades.

É, realmente,  quase sempre o pior cego é aquele que amarra a própria venda, pois dificilmente alguém consegue fazer com que ele volte a enxergar. Mas penso além: melhor se fazer de cego por si só do que deixar que os outros façam isso pela gente.

4 comentários:

Karina Karina disse...

puta que pariu! concordo sim! muito pior sao vendas que colocam em nossos olhos.. mas elas caem... ô se caem...

renatocinema disse...

PQP concordo como disse a colega acima.

Mas, como julgarmos a escolha pela cegueira?

Dai disse...

O ruim que a gente faz a si mesmo é menos pior do que o ruim que os outros nos fazem. Nesse sentido - apenas (claro que existem vários tipos de violência que não se enquadram nisso que eu disse).

Acho que tudo que é uma escolha é melhor, escolher não ver me parece melhor que não enxergar por ignorância.

=*

Maria Rita disse...

É, as vendas caem e os problemas começam...

Complicado isso de julgar a escolha pela cegueira... =/

Obrigada pelos comentários, gente!


"Acho que tudo que é uma escolha é melhor, escolher não ver me parece melhor que não enxergar por ignorância."
Concordo!