quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Já dizia o ditado. Mas existem pessoas corajosas o bastante para ignorá-lo. Cleonice jogava peteca no time dos corajosos. Chegava atrasada, saía mais cedo e nem se preocupava com as desculpas. Enrolava um pouquinho aqui e ali e terminava o dia com a faxina pela metade na casa da Dona Tereza. Na hora do almoço reclamava de tudo e sempre saía alguma coisa errada: arroz empapado, feijão salgado, bife queimado, batata encharcada. Mesmo assim ela comia. Batia aquele pratão de comida e fazia questão de escolher pra ela o maior bife.

Além de se atrapalhar na cozinha, Cleonice não gostava muito de passar roupa. Não tinha paciência com ferro a vapor. Ligava a TV e ia amassando do jeito que dava enquanto assistia a reapresentação de A Usurpadora no SBT. Já de idade e com a visão prejudicada, Dona Tereza nem percebia as marcas de varal na camisa do Osvaldo, o filho do meio solteirão que fazia companhia pra mãe em casa.

A empregada malandra também gostava muito de conversar. Sentava na sala com as visitas e ficava por lá comentando sobre as novelas enquanto a Dona Tereza ia até a cozinha buscar o café para servi-las. Quando Osvaldo chegava do trabalho ela o enchia de perguntas sem antes se esquecer de caprichar no batom e retocar o perfume, já que o solteirão era bem bonitão e precisaria de companhia assim que a velha batesse as botas. Cleonice, esperta como ela só, vivia de olho no bom partido.

Um dia Dona Tereza se animou e resolveu consultar o oftalmologista. Voltou pra casa de óculos novos e enxergando cada marca nas camisas de Osvaldo, inclusive uma de batom cobre - exatamente aquele que Cleonice usava. Sentou à mesa pra almoçar e assim que a empregada lhe serviu um bife duro e com gosto de queimado, ela não perdeu tempo. Mandou a folgada ir pra casa assistir a novela, sem esquecer de avisar que não precisava mais voltar.

2 comentários:

Madame disse...

kkkkkkkkkk engracada essa historia.

Elaine disse...

Menina, e o que não falta é Cleonice nesse mundão! rsrs