sexta-feira, 22 de julho de 2011

Deus deu a vida para cada um cuidar da sua

Tema da semana: Desabafo


"Deus deu a vida para cada um cuidar da sua"

Li isso num parachoque de caminhão num passado recente. Ri. Mas não pude deixar de concordar: se cada um cuidasse da sua vida, a vida (de todo mundo) seria muitíssimo melhor.

Todo mundo diz que eu sou brava. Bom, isso eu sou, mas não o tempo todo. Independente disso, tenho o direito inalienável (como todo mundo no mundo) de ficar brava quando vejo haver motivo. E uma das coisas que me aporrinham é gente querendo se meter na minha vida.

Eu não dou palpite na vida alheia, não faço fofoca nem de gente famosa, não dou pitacos no romance de ninguém. Então por que tem gente que insiste em criticar o modo como me organizo, dirijo, namoro, fecho a porta do carro, tomo decisões, espirro, bocejo, falo, como - enfim, como levo minha vida? Por que tem gente que acha que sempre preciso de conselho, proteção e orientação - e, para isso, se acha no direito de se intrometer na minha vida, conjecturar e especular?

Ainda se eu fosse doida, irresponsável ou inconsequente. Se eu estivesse totalmente perdida, desempregada por opção ou quebrada. Bom, eu até entenderia... Mas eu sou justamente o contrário: nunca dei trabalho ou preocupação para ninguém e sempre me virei muito bem sozinha.

Sei que tem essa história de a gente dar liberdade para as pessoas fazerem isso. Mas eu avisei, risquei a linha no chão, coloquei a cerca branca... Mas nada, nenhum resultado. O que fazer agora?

2 comentários:

Laís Costa disse...

Concordo com tudo e me irrito igualmente com esse tipo de gente.

Desabafo que eu assino em baixo! :p

bjo
La

Carolina disse...

Isso também me irrita demais!

O que fazer?

Fingir que não ouviu, que não foi com você. Abstrair.
É o jeito.

:)