sábado, 15 de janeiro de 2011

Mentalizando coisas boas

     Nunca fui de fazer listinha, sabe?! Escrever no papel todas as coisas que almejamos realizar durante o recém chegado ano. E também não tenho o costume de ser muito exigente comigo mesma, como se estivesse em um julgamento e tivesse que dar minha palavra, e depois disso, cumprir tudo o que foi dito como se estivesse testemunhando a morte de alguém e não pudesse omitir nenhuma parte.

Imaginem só se tivesse que ser assim:

“Eu, Laís Costa Pereira, prometo dizer a verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade e também prometo somente prometer aquilo que for mesmo cumprir durante esse ano, e em caso de não realização deste, o indivíduo que vos fala será sentenciado a nunca mais realizar nada em sua vida”. Afff...

     Não, não sou nem um pouco assim. O que eu comecei a fazer há alguns finais de anos passados, visto que eu não tinha o costume de fazer esse tipo de reflexão e como sempre tinha alguém que perguntava “E ae ? O que você pretende para esse ano que começa? ”, fui induzida aos poucos a parar para pensar nisso. E foi ai que comecei a mentalizar tudo o que eu queria que fosse diferente, minhas ambições para o novo ano e meus sonhos grandiosos, ponderando cada coisa para ver se elas conseguiriam ser realizadas no ano que se aproximava.

     E agora sempre faço isso durante os últimos minutos do dia 31 e os primeiros minutos do dia 1º e tudo sem culpa, sem pressão, somente desejando força de vontade para continuar querendo mais no próximo ano.
Happy New Year for everyone!

3 comentários:

Dai disse...

Aeee.

Pois eu acho que se for alguma promessa de melhorar a vida de amigas próximas, você deveria sim se sentir pressionada a cumprir :P


Eu acho que é mesmo por aí, mentalizar as coisas que quer, e sempre agi assim, mas esse ano eu pretendo fazer alguma lista de metas pra ver se eu me organizo. Acho que se a gente deixar só na cabeça acaba não vendo os resultados e tudo parece uma grande patinação sem sair do lugar.

beijo

Ana B. disse...

adorei o post

a questão do testemunho, principalmente. parece mesmo que tudo tem que ser definido nesse período e que seremos condenadas se não conseguirmos executar nossos planos!

Daniel Savio disse...

E feliz ano novo, mesmo que muito atrasado, para vocês todas =P

Fique com Deus, menina Lais.
Um abraço.