segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Afinal, brasileiro é preguiçoso?

Como eu odeio esse fuso horário (11 horas de diferença!)! Essa semana eu finalmente consegui conversar com minha mãe e ela me disse que era feriado e por isso ela poderia conversar comigo por mais tempo. Como não me lembrava de nenhum feriado nessa semana que passou eu perguntei sobre ele.

Parece que em minha cidade temos um feriado novo, ou seja, mais um dia para descansar (o que de fato é muito bom com todo o stress que temos todo dia).

Mas esse evento me chamou atenção e fui ver quantos feriados temos aqui na Coréia do Sul. Para a minha surpresa, os coreanos possuem somente dois feriados durante todo o ano! O primeiro deles será na semana que vem, quando a maioria dos asiáticos comemoram o Ano Novo Chinês, já o segundo feriado é no décimo quinto dia do oitavo mês do calendário lunar (mais ou menos entre Agosto e Outubro) quando é comemorado uma espécie de Ação de Graças chamado Chuseok. Sem contar que muitos trabalham 7 dias na semana e horas extra (sem remuneração) aqui é essencial (Confesso que foi brochante ter aulas na véspera de Natal e de Ano Novo...).

Depois de algumas perguntas aqui e outras alí, eu percebi que muitos acham que o Brasil é o país do carnaval e que alguns até achavam que brasileiros são meio preguiçosos.

É verdade que temos muitos feriados no Brasil em comparação a outros países, mas isso não quer dizer que todo brasileiro é preguiçoso, creio que trabalhamos duro todo dia e cumprimos nossas obrigações. Essa imensa diferença se dá pela diferença de religiões e cultura, muito do que comemoramos outros países não comemoram.

E, no final, essa imagem que algumas pessoas tinham sobre isso eram apenas preconceito em relação a essas diferenças. Muitas delas acabaram mudando de opinião após conhecerem alguns brasileiros por aqui.

E “vambora” aproveitar esse Carnaval que está por vir!

P.S.: Já vou estar no Brasil para aproveitar o Carnaval! (Feliz! Feliz! Feliz!)

4 comentários:

Dai disse...

Eu não sei se brasileiro é preguiçoso, mas que eu detesto o "jeitinho" brasileiro, isso eu detesto.

bjo!

volta! volta!

Het disse...

Na minha opinião, trabalhar 7 dias por semana e sem ganhar hora extra é uma prova de submissão e não de dinamismo.
Deve ser por isso que o suicídio é tão frequente, passa a ser um dos caminhos...
Quanto ao brasileiro, o que mata é o funcionarismo público, as famosas tetas que ninguém quer largar, de resto, acredito que somos um povo trabalhador, com seus altos e baixo.

lu trevejo disse...

Adorei seus textos.
Muito legal seu blog!

Daniel Savio disse...

Mas é diferença cultural, apenas isto, pois se for assim, o povo brasileiro é um dos mais asseados...

Fique com Deus, menina Chen.
Um abraço.