quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

2011 Promete!

Nunca fui muito apegada a crendices e ritos de passagem usuais, não à toa fazia mais de quatro anos que vestia preto na virada, talvez só para provar que não importa a roupa que você rompe o ano, mas sim suas ações ao longo dele. De vez em quando eu mesma inventava uma mandiga ou outra, mas nada que seguisse a risca por mais de duas viradas.

Desta vez não inventei muito, fiz tudo como manda o figurino: vesti-me de branco e comi lentilha, agradeci por tudo e todos e pulei sete ondinhas.

Mas em um aspecto eu resolvi inovar, em vez de prometer uma lista de coisas, decidi cumprir uma promessa no reveillon. Meses antes das festas, tinha me prometido passar a virada de frente para o mar, pés na areia e coração leve em brisa. E foi assim, que eu vi 2010 mergulhar no mar e 2011 se levantar para mim despontando infinitas possibilidades no horizonte da vida.E assim espero que siga este ano, menos promessa e mais ação.



Um feliz 2011 a todos os meus queridos leitores!

Beijos e até semana que vem,
Cah*

3 comentários:

Ana B. disse...

acho que vou seguir seu modelo de prometer estar na praia na virada! uehehehe

sobre a cor da roupa, eu também não ligo... mas confesso que quando vou pra algum lugar em que todas as pessoas estão de branco, prefiro estar de branco para não chamar a atenção!

Dai disse...

Esse ano meu deu uma vontade louca de passar assim, mas não deu. E fiquei brava por isso. Sei lá, encasquetei que queria ter um reveillon diferente e fazer quase tudo igual me irritou, e eu, que também não sou de crendice, acabei "crendizando" que por não ter passado o ano diferente (como o meu instinto pedia), o ano vai ser igual.

Maaaaas meu lado racional pensa como o seu, as atitudes é o que importa!

beijo

Daniel Savio disse...

Foto bonito, mas espero que tenha aproveitado o nascer do sol com alguém especial para ti, mesmo que seja uma amizade que te fez apenas rir...

Fique com Deus, menina Cah.
Um abraço.